Renata Venturini, blog: Vestidos das madrinhas: Escolher ou não?

Páginas

Vestidos das madrinhas: Escolher ou não?


Você já deve ter visto, nos casamentos de filmes americanos, as madrinhas usando vestidos iguais ou parecidos. Sabia que esta tradição não é recente? Na Idade Média, as amigas solteiras da noiva costumavam se vestir de forma semelhante à ela, e entravam antes no cortejo. Segundo o costume, isto afastava as energias negativas da noiva.  Com o passar do tempo, os vestidos das madrinhas deixaram de ser iguais ao da noiva, no entanto, mantiveram as semelhanças entre si.

Essa moda, que já conquistou a América do Norte e Europa, tem feito o maior sucesso no Brasil e tem sido cada vez mais comum por aqui. Padronizar os vestidos das madrinhas dá um toque especial à cerimônia, além de complementar  a decoração. Se você é noiva e está indecisa com relação a isto, confira nossas dicas:

Tudo igual:

Opção mais comum no exterior. Todos os vestidos possuem cores, tecidos e modelos iguais. É importante que a noiva tenha o cuidado de escolher um modelo e cor que fiquem bem em todas as madrinhas. Os modelos clássicos são os mais indicados.







Mesma cor:

Você pode escolher uma cor e dar liberdade para que cada madrinha escolha o seu próprio modelo.  Desta forma, fica mais fácil adequar os vestidos aos estilos e tipos de corpo de cada uma.





Outra opção é escolher uma mesma cor e permitir que as madrinhas escolham, não apenas o modelo, mas o tom que mais as agradam. 


Cores diferentes:

Um dos primeiros itens definidos ao começar a organização de um casamento é a paleta de cores. Caso você queira deixar as madrinhas mais à vontade e, ainda sim, complementar a decoração, disponibilize a paleta de cores do seu casamento para que elas possam escolher as cores que preferirem.






Confiram outras inspirações:








Acima de tudo, é importante que todas entrem num consenso, para todas fiquem felizes e satisfeitas com a decisão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário