Renata Venturini, blog: Tricotando com...Júlia Zechinato!

Páginas

Tricotando com...Júlia Zechinato!



Olá meninas!!Tudo bem??

   Hoje meu post é um bate papo com a modelo Júlia Zechinato, além de linda ela é muito simpática e nos concedeu a entrevista direto de Buenos Aires, no meio da correria da semana de moda da capital Argentina! Ela nos contou como começou a carreira, seus planos para o futuro, sobre os bastidores da moda e muito mais!! 

   Vamos conferir!?

Foto: Reprodução


Ana: Como você foi descoberta?
Júlia: Na verdade não fui descoberta como acontece na maioria das vezes... Em 2010, fiquei sabendo que a agência Elite de São Paulo iria fazer um concurso para escolher novas modelos, me interessei e tive que correr atrás... Passei por seletivas regionais, estaduais e nacionais. A primeira seletiva foi em Campinas, fui escolhida e depois fui disputar em São Paulo (nunca pensei que iria ganhar!! ).
Fui selecionada outra vez, e ai fui disputar a final nacional, no qual eu fiquei em terceiro lugar das 38 selecionadas de todo o Brasil. A partir disso, me chamaram para morar em São Paulo e trabalhar como modelo.



    Ana: Modelos têm uma rotina muito corrida. Com faz para se cuidar? E qual(is) item(s) não podem faltar em sua nécessaire?
 Júlia: No meio da correria, às vezes parece impossível cuidar da pele, do cabelo, do corpo, de tudo... Mas como isso tudo é meu instrumento de trabalho, tenho que me virar nos 30, rsrs... O que não falta na minha nécessaire é um protetor solar, hidratante facial e para os lábios, pente, rímel incolor e um batom de preferencia nude.

    Ana:  Você vive em um mundo cheio de pessoas famosas e importantes. Nesse tempo de profissão quem mais gostou de conhecer e por quê?
    Júlia: É muito curioso isso, às vezes me deparo com pessoas famosas ao meu lado em desfiles ou até mesmo dentro de um voo (uma vez encontrei um time de futebol num voo pra Recife) e antes só observava essas pessoas pela Tv, jamais pessoalmente. Os que mais gostei foram a atriz Fabiana Carla que encontrei em São Paulo, o jogador de futebol Lucas Rodrigues em Paris, e uma modelo famosa internacionalmente chamada Coco Rocha. Esses foram os que mais me marcaram, pois apesar da fama, foram muito simpáticos e humildes.

         Ana: Como são os bastidores dos desfiles? Você se inspira em alguma modelo?
  Júlia: Os backstages (assim chamados) são uma bagunça, literalmente.. Cheio de pessoas pra lá e pra cá, modelos, maquiadores, cabeleireiros, imprensa, uff... um caos ! Mas no fundo é divertido.. Admiro as modelos Isabelli Fontana, Sam Rollinson e Hilary Hoda... lindas e versáteis !



     

Ana: Qual a sua relação com a moda? Você se considera estilosa e em qual estilo você se encaixa?
       Júlia: Sim, pra mim estilo é algo considerado agradável, moderno e confortável ao mesmo tempo... Cada hora estou usando uma coisa, mas tenho proximidade ao estilo básico e casual.




   Ana: Como é saber das tendências da próxima estação antecipadamente?
         Júlia: É muito bom,rs.... É um sentimento meio "orgulhoso"        digamos em ter a possibilidade de saber antes de todas as novas     tendências das próximas estações... Já dá pra ir pensando se tenho algo parecido e sair usando por ai !

  Ana: O que pretende ter alcançado nesses próximos anos de carreira? E como a carreira de modelo é curta, o que pretende fazer depois?
      Júlia: Quero continuar viajando, conhecendo pessoas de todos os   cantos do mundo, tanto de trabalho, como pessoas que levamos como     grandes amigos, manter o foco e determinação, trabalhar com as  marcas e produtores mais reconhecidos do mundo, cada vez quero crescer nessa profissão. Não é fácil, mas é necessário seguir em frente...
Como essa carreira é bem curta, pretendo futuramente fazer algo relacionado a televisão, turismo ou idiomas... Sou apaixonada por conhecer novas culturas e aprender novos idiomas! Atualmente estou em Buenos Aires, falando espanhol e estou aprendendo francês!




    Ana: Que dicas você daria para quem quer seguir a carreira de modelo?
    Júlia: Tenho vários conselhos, primeiramente que essa vida não é só glamour e coisas boas como quase todos pensam. É preciso estar preparado para enfrentar dificuldades e empecilhos sozinhos (porque em todos os lugares estive sozinha, meus pais não puderam me acompanhar nas viagens), é preciso também abrir mão de varias coisas que estamos acostumados, nossa rotina muda, infelizmente... Estar atentos e manter nossos princípios, pois ao mesmo tempo em que há muita gente boa nesse mundo, sempre há aqueles que querem ver nosso mau, que querem "puxar nosso tapete", enfim... Se é isso mesmo que alguém deseja, precisa persistir, ter foco, pensar positivo, correr atrás e saber ouvir vários e vários "NAOS".

 Ana: Você considera o aumento das modelos plus size uma concorrência ou acha que tem mercado para todas?


      Júlia: Acredito que seja uma nova tendência... E seria também       uma  ótima ideia... Há mercado para todas, e há também roupas para todos   os tipos de corpo e não acho que a moda deveria manter-se apenas nos manequins 36 e 38.... Seria bom dar uma renovada.

Meninas vamos conferir alguns trabalhos da Jú!!



Editorial  Revista Elle Argentina


Editorial Revista Elle Argentina



Verão 2013


Verão 2013



Desfile Ronaldo Fraga Verão 2015 - SPFW


Desfile Alessa Verão 2015 - Fashion Rio




Jú, obrigada pela entrevista e muito sucesso!!


Por hoje é só meninas, até semana que vem!!
Ótima semana! 
Beijooos <3

by Ana Luiza Ancona 

OBS: Todas as fotos usadas neste post são do acervo pessoal da Jú! ;)

Nenhum comentário:

Postar um comentário