Renata Venturini, blog: Noiva Sem Crise by Bia Palanch

Páginas

Noiva Sem Crise by Bia Palanch

Hellooooo Amadaaaas!!!
Tudo bem???
Hoje vamos falar de um assunto tão importante quanto a escolha de seu vestido (nooooossaaa)
 SIM, a escolha dos acessórios da cabeça da noiva!!!
Usar ou não véu, grinalda, flores (artificiais ou naturais) ???Iiiiihhhh complicou???Vamos descomplicar!!!
Os acessórios tem sim que combinar com seu vestido e com a sua personalidade, não adianta nada você usar uma casquete mega moderna se você não tem essa "pegada", na minha opinião eu acho que todas as noivas deveriam usar véu, fica parecendo que alonga o vestido, acho o efeito muito mais charmoso, mas isso é muito particular de cada uma.
Vamos um pouquinho às histórias...
Na Grécia antiga, o véu era usado pelas noivas para protegê-las do mau olhado ou do assédio de outros pretendentes. No filmes dos anos 40 e 50, era comum as divas aparecerem nas telas com o rosto coberto por clássicos voilletes. ( Se é pra proteger do mau olhado, toooomem nota kkkkk)
Em geral, o uso do véu está ligado a costumes religiosos. Há relatos na cultura da Mesopotâmia (usado em homenagem a Ishtar, deusa da fertilidade e da primavera, cuja mitologia está relacionada à origem da Dança dos Sete Véus).
Grinalda é um termo genérico que se refere ao adorno de cabeça usado pela noiva. Em geral esse acessório é combinado com um véu ou mantilha e é adaptado ao penteado da noiva. A grinalda deve se adequar ao formato do rosto da noiva pois, assim como o cabelo, ela funciona como uma moldura para o rosto. Em geral, o modelo da grinalda também deve combinar com as outros acessórios, como brincos, colar, gargantilha, etc. além, claro, do estilo do vestido da noiva.













Sou APAIXONADA quando a mantilha sai do alto  da cabeça, acho liiindo,liiindo!!!
Bom é isso, espero que eu tenha ajudado um pouquinho vocês a não surtar!!kkkkkk
Bjoksss by Bia Palanch

Nenhum comentário:

Postar um comentário